Arquivo mensal: setembro 2010

Poesia é Vida

Padrão

A poesia libera a palavra das pretensões mesquinhas do homem.

A poesia deixa a linguagem nua, e faz tudo retornar à sua origem mais crua.

Com a poesia, a palavra é musica, é cor, é ritmo e é vibração.
O verso, assim como o fonema, revela um fragmento que contém o todo e compõe uma orquestra única.

A língua renasce na poesia, ja’ que cada palavra ganha um sentido novo dentro do todo.

Poesia é poesia essencialmente porque toca o coração da gente.
Faz de uma ideia ou de um pensamento algo muito mais vivo do que um texto descritivo.

Transforma os objetos linguísticos em uma sinfonia de movimentos, compassos, tons, acordes e tambores cardíacos.

A poesia ultrapassa as barreiras do entendimento, dos sentidos e do tempo, pois ela não se explica, simplesmente se dança e se respira.

Porque poesia se vive.

Anúncios